Poucas palavras:

Blog criado por Bruno Coriolano de Almeida Costa, professor de Língua Inglesa desde 2002. Esse espaço surgiu em 2007 com o objetivo de unir alguns estudiosos e professores desse idioma. Abordamos, de forma rápida e simples, vários aspectos da Língua Inglesa e suas culturas. Agradeço a sua visita.

"Se tivesse perguntado ao cliente o que ele queria, ele teria dito: 'Um cavalo mais rápido!"

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Ross Gardiner: you need to get off facebook



Que as pessoas estão ficando viciadas nas redes sociais, todo mundo já sabe. O TechTudo postou inclusive algumas declarações de especialistas sobre os riscos que isso pode causar aos internautas. Mas nada foi tão comentado quanto o vídeo de um jovem no Youtube pedindo para as pessoas abandonarem o Facebook.

A ideia de Ross Gardiner para you need to get off facebook foi de se filmar no meio de uma rua na Coreia do Sul com alguns cartazes com "verdades inconvenientes" sobre o Facebook - como aceitar o convite de amizade de pessoas das quais você não gosta. Filmado por uma Canon 7D, editado no Final Cut Pro e produzido pela Sonny Side Films, o vídeo de 6m15 ainda conta com a música "Marching the Hate machine", de Thievery Corporation, como trilha sonora. 

Ironicamente, este pedido para as pessoas voltarem a ficar "offlines" fez o maior sucesso na Internet, principalmente em redes sociais. O vídeo original já conseguiu mais de 2 milhões deviews e inúmeras paródias e versões. Abaixo você confere a versão legendada em português pelo TechTudo. Para assistir com a tradução, clique no botão cc (Closed Caption) na tela do vídeo.

3 comentários:

ulysses2000live disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ulysses disse...

isso é bem verdade o que ele falou sobre o facebook.Ele esta certo. Isso serve para outras redes sociais tambem.

Anônimo disse...

Eu assisti outro vídeo com um monte de jovens com cartazes apontando os motivos DELES de não saírem do facebook, e começam avacalhando: BRASIL país do futebol, da cairipinha, carnaval e mulher bonita. Só por aí nota-se o abismo de profundidade de conhecimento emocional e intelectual entre Ross Gardiner e essa molecada... por isso que no final um truculento moleque empurra "levemente" o outro e diz que o facebook é o canal de comunicação que faltava para que as pessoas se organizassem e agissem... esse último com certeza um black block. Mas tudo bem opiniões são livres. Mas Ross Gardiner disse é muito mais profundo e complexo, e sinceramente essa juventude que nunca teve aula de EPB, Sociologia, Filosofia então nem pensar, sequer deve gostar de ler além de livros ...deixa pra lá isso é uma coisa a parte...o que importa é alertarmos que esse vídeo resposta com esses jovens ao som de pássaros tranquilos e "samba, oh oh samba..." NÃO É A RESPOSTA DOS BRASILEIROS!!! Aquele brasileirinho que acorda às 4hs da manhã torcendo para conseguir pegar o ônibus etc etc e chegar com a marmita inteira não tem a mesma opinião desses jovens. Sim é preciso repensar sobre o facebook. Quer o facebook? ENTÃO SEJA UM FAKE E USE PRA JOGAR NOS TEMPOS LIVRES, PORQUE SÓ PRESTA PARA ISSO. AMIGOS DE VERDADE NÃO PRECISAM DE FACEBOOK, EMAIL E CELULAR É PRA LÁ DE SUFICIENTE. Quer se organizar e reagir? Para quê? Morrer ou ser preso? Se for realmente um pouco mais profundo e complexo que a média saberá que ELES já criaram meios eficientes e cruéis que transformaram as ruas em um lugar perigosíssimo... a justiça é o melhor caminho, Justiça mesmo, aquela que você deposita seus impostos em juízo e cobra respostas! Quer mais? Nossa há infinitas ideias e em nenhuma delas eu não veja as ruas o lugar. A rua é dos políticos, a rua é palanque e eu que não vou de graça e nem pagando virar figurante para as futuras eleições! Acorda gente. E aproveita dá para ler ao menos o que é filosofia?